sexta-feira, 11 de março de 2016

AS NOSSAS SUGESTÕES

ALANDROAL
Cinema (Documentário)



MONTEMOR

AINDA




16 comentários:

Anónimo disse...

A oferta cultural com grande destaque no Alandroal é João Baião, está tudo dito e visto.

Anónimo disse...

Deprimente, isto não promove nada a não ser a estupidificação das pessoas.

Anónimo disse...

Estou a ver este belo e digno programa, e estão a anunciar um Tal de grupo chave de ouro que vaia cantar ( MAS QUEM SERÁ O PAI DA CRIANÇA )
Com todo o respeito mas vou ter que deixar de ver esta miséria franciscana,é mau de mais, não se aguenta.
Sra Presidente as pessoas precisam é de cultura séria e não deste circo com todo o respeito para o Circo que o há de qualidade.
Não tenho nada a ver com isto mas pelo Alandroal sinto vergonha.

Entrou agora um tal de Zé do Pipo que canta que gosta do cu mole.

DEPRIMENTE, TRISTE.

Anónimo disse...

E ASSIM SE PROMOVE UMA SERIE DE CANTORES PIMBAS À CUSTA DO MUNICÍPIO DO ALANDROAL, PORQUE PROMOVER UMA MOSTRA GASTRONÓMICA FOI MENTIRA.
UMA VERGONHA, O NOSSA TUNA SÉNIOR APARECEU A CANTAR 20 SEGUNDOS, PASSARAM O TEMPO A PEDIR PARA AS PESSOAS LIGAREM PARA O CONCURSO E A TER TEMPO DE ANTENA O LOTE DE CANTORES PIMBAS QUE VIERAM PROMOVER.

A NOSSA PRESIDENTE DAS DUAS UMA, OU ANDA MAL RODEADA OU ENTÃO BEM NOS ENGANOU, PARECIA UMA COISA MAS NA VERDADE É OUTRA, NORMAL.

Anónimo disse...

São só parvoeiras ...
Em todos os Domingos, de norte a sul, a SIC e a TVI andam por todos os Concelhos do País
A dar alguma atenção aos febris comentários, TODOS os senhores ou senhoras Presidentes de cada concelho ANDAM MAL RODEADOS
Chiça P....
Será o Zica "canda" a pô-los febris?

Benny Hill

Anónimo disse...


Estive presente na Festa do Peixe!
Gostei, gostei imenso, do tempo... Foi ótimo. Depois de tantos frios e de ventos tão agressivos e continuados, tão desconfortáveis, foi um prazer sentir aquele calorzinho, ali dentro daqueles velhos muros, que já com setecentos anos, ainda nos resguardam e confortam, e, insensíveis mas delicados, conseguem ignorar melhor que eu toda aquela gritaria do "liga agora, são só sessenta cêntimos”. Áh! É verdade “e mais Iva”. Fiquei contente com o Zico, não se ficou atrás do João Baião na questão da venda de gato por lebre! O grande “chourição”, que o Zico ofereceu ao João Baião… Afinal era pão, com chouriça dentro!...
Foi tudo muito bonito. O Castelo do Alandroal apareceu na televisão. Quem havia de dizer ao Mouro Calvo, a D. Lourenço Afonso ou até ao próprio Rei D. Diniz, que a sua obra um dia ia ter um destaque tão grande: aparecer na televisão e ser vista e apreciada por milhões de pessoas… Acho que era caso para se sentirem bastante orgulhosos, concerteza. Apenas um senão: não vi lá peixe do rio, a estrela da festa… Vi chouriços e queijos. Peixes do rio, nem o cheiro.

Francisco Tata disse...

Dado estar todo o dia ausente não me foi possivel "espreitar" o Portugal em Festa hoje transmitido da minha terra Alandroal. Quando cheguei (cerca da meia-noite) e em modo acelerado, omitindo as partes desinteressantes (musicas que não me cativam, lenga lenga da venda da cobra) - não podia (até para justificar a não colocação dos inumeros comentários que já recusei, e para que outros de identico teor possam ser refreados) - não posso deixar de tambem aqui lavrar o meu comentário.
A questão musical não é de todo do meu agrado, à excepção de um tal Barroso (que em breve disse estar no Alandroal) e outros amigos que com ele fizeram coro que intrepretaram, e bem, musica alentejana, assim como os "nossos" Trigueirões e Tuna. Não posso aceitar de maneira alguma que se utilize o gostar ou não do tipo de musica para tecer considerações menos abonatórias sobre todos aqueles que apreciam tal género: Cada um gosta do que gosta, vê e ouve se quer, marca presença ou ignora.
E a propósito de promoção, se atentarmos bem parece-me que até foi a terra bem promovida( excepção à parvoeira mal enjorcada da Lenda da Boa Nova)- foi o Alandroal elogiado e muitos produtos dados a conhecer (desde queijos, enchidos, vinhos etc). E até a nossa poesia popular.
Assertivos os dois últimos comentários, com excepção da parte final do ùltimo: O peixe do Rio foi promovido e bem. O Martins promoveu, o descendente do Cinza de Montes Juntos promoveu, O Alberto tinha na sua ementa peixe do Rio, o Perquilha e o Zé Miguel ensinaram as artes da pesca do peixe do Rio, agora do Alqueva, e até o Rui nos mostrou doces em forma de peixe.
Ao fim e ao cabo poder-se-há tirar uma conclusão face ao elevado número de visitantes nos dois fins de semana: Só semeando se pode colher. Não é semente de primeira, e pela segunda vez foi semeada já fora de tempo. Com os erros aprende-se e segundo a minha óptica já algo se aprendeu.

Chico Manuel

Anónimo disse...

"Não é semente de primeira, e pela segunda vez foi semeada já fora de tempo. Com os erros aprende-se e segundo a minha óptica já algo se aprendeu.

Chico Manuel

14 março, 2016 02:55"

Respeito a sua óptica, mas diga lá o que é que de algo este executivo aprendeu????????

Como diz e muito bem já pela segunda vez consecutiva foi semeada já fora do tempo, como vê não aprenderam com os erros, continuam com a apostar e a teimar nos erros, e o problema caro Francisco é que essa tendência para insistirem no mal feito, nos erros, sem tirarem conclusões e aprenderem com os ditos, é o dia a dia aqui no Alandroal em quase tudo o que fazem.




Aproveitando para responder ao inteligente comentador que diz.

"Anónimo Anónimo disse...
São só parvoeiras ...
Em todos os Domingos, de norte a sul, a SIC e a TVI andam por todos os Concelhos do País
A dar alguma atenção aos febris comentários, TODOS os senhores ou senhoras Presidentes de cada concelho ANDAM MAL RODEADOS"

Caro comentador, não andam estes programas por todos os Concelhos, porque graças a Deus, neste País, ainda há Autarcas que independentemente das suas cores políticas não dão ao seu povo treta deste calibre, e alguns dos que também embarcam neste populismo de mau gosto,fazem-no de forma bem feita, promovendo as suas festas e romarias antecipadamente e não no ultimo dia, para alem de durante o ano darem ás pessoas vários géneros de cultura de qualidade, agradando assim a gregos e troianos. Não se limitam a dar uma vez por ano algo de diferente e que seja este circo de quarta categoria.
Basta ver os exemplos do Redondo que tiveram um programa do género para promover um evento gastronómico, mas veja-se se o que oferecem durante todo o ano tem a ver com pimbalhices, e ainda Évora que está entalada em questões de dinheiro mas o que fazem é de qualidade e programas destes não põem lá os pés. É gente da CDU mas que pensa diferente, de facto gostos não se discutem, mas são como o algodão, não enganam.

Anónimo disse...

Anónimo Anónimo disse...
São só parvoeiras ...
Em todos os Domingos, de norte a sul, a SIC e a TVI andam por todos os Concelhos do País
A dar alguma atenção aos febris comentários, TODOS os senhores ou senhoras Presidentes de cada concelho ANDAM MAL RODEADOS
Chiça P....
Será o Zica "canda" a pô-los febris?

Benny Hill

13 março, 2016 23:54


Tem o comentador um conhecimento muito redutor dos Municípios deste País.

Olhe que não são 20 ou 30, mas sim cerca de 300, e ao contrário do que diz, a maioria não leva programas destes aos seus Concelhos.

Quando afirma que vão programas destes por todos os Concelhos do país, ou está a tentar passar um atestado de estupidez a todos os outros ou está a falar do que não tem conhecimento e em qualquer dos casos devia ficar calado.

De facto tem razão, SÃO SÓ PARVOEIRAS, e pelos vistos não são só alguns Presidentes de Municípios que andam MAL RODEADOS, até o Benny Hill.

Woody Allen

Francisco Tata disse...

Dado que no comentário das 08,53 me é feita directamente uma pergunta tenho todo o prazer em lhe responder que quando afirmo que algo se aprendeu me referia concretamente ao facto de uma maior afluencia de visitantes nos dois fins de semana, sinal que a divulgação foi melhor elaborada. O facto de haver quem apontasse que em certos restaurantes a matéria prima se esgotou é outro sinal evidente que as espectativas foram superadas. Acresce o facto de no próprio programa a divulgação das nossas matérias primas ter sido mais elaborado pela produção, sinal evidente que algo melhorou.
As restantes questões colocadas não são afirmações minhas pelo que não me cabe justificá-las.

Chico Manuel

Anónimo disse...

Há aqui algo de estranho nestes comentários.
Os comentadores estão quase todos escondidos no anonimato. Os comentários são quase todos pela negativa. Se as pessoas não gostam, não vêm, como podem comentar ou criticar? Será apenas para mostrar que são demasiado cultos para ver estes programas?
Eu por norma não perco a tarde todos os domingos a ver este tipo de programas nas TVs e ao vivo nunca vi. Mas ontem, por ser na minha terra até vi. Vi pessoas conhecidas e vi as lindas paisagens e o lindo castelo que o Alandroal tem. Penso que é uma maneira de dar vida ao interior deste país que tão abandonado está. Por isso acho que as televisões fazem bem em percorrer o País com um espectáculo que, não sendo bom, é melhor que nada para algumas populações. E segundo me apercebi ontem havia lá excursões de vários pontos do Alentejo, o que acho dinamiza um pouco estas povoações mais isoladas. É a minha opinião.
Maria M

Anónimo disse...

Boa Terra Boa Gente

É tão linda a minha terra
No país não há outra igual
Tem castelo de outra era
E tem um cheiro maternal

Alandroal é beleza natural
Tem boa gente, queijo e pão
É um concelho sem igual
Com Baião ou sem Baião

Maria M

Anónimo disse...


Não podia estar mais de acordo Maria M. Em Plena sintonia!

Anónimo disse...

Pelos vistos só há excursões ao Alandroal quando cá vem o João Baião, temos que inverter as coisas.
Acabemos com as nossas festas e Romarias com as quais este executivo não faz nenhum investimento nem promove, acabemos com tudo o resto e que se invista em programas deste género várias vezes por ano para termos por fim excursões com fartura no Concelho, visto que as mesmas são importantes.

Gostaram, foi do melhor, então está a politica cultural deste executivo no caminho certo,vá da continuação de cinema e João Baião.

Pois eu não posso estar menos de acordo com a comentadora MARIA M a não ser quando esta diz.

"Por isso acho que as televisões fazem bem em percorrer o País com um espectáculo que, não sendo bom, é melhor que nada para algumas populações."

COMO É O CASO DO ALANDROAL QUE INFELIZMENTE ESTÁ NA SITUAÇÃO EM QUE UM ESPETÁCULO QUE NÃO É BOM É MELHOR QUE NADA.

PARA BONS ENTENDEDORES.

Anónimo disse...


Quem me conhece minimamente..., sabe que este tipo de espectáculo,
(música) NÃO É DO MEU AGRADO!!!

""Por isso acho que as televisões fazem bem em percorrer o País com um espectáculo que, não sendo bom, é melhor que nada para algumas populações.""


REAFIRMO: (meu, de 15/3, 01:08)

"Não podia estar mais de acordo Maria M.Em Plena Plena sintonia!"

Com todo o respeito por outras opiniões...



Uma "moçoila" que AMA A SUA TERRA !













Anónimo disse...

Obrigada aos comentadores que me leram e discutiram as minhas frases. Assim é que eu gosto. Haver diversidade de opiniões é óptimo desde que saibamos respeitar todas. Gosto particularmente da ""moçoila" que ama a sua terra!" é verdade sou muito apaixonada pela minha terra em particular e pelo Alentejo em geral. Talvez por estar tanto tempo ausente, quem está sempre presente talvez não tenha a mesma percepção das diferenças. O Alentejo é lindo e a minha terra "Terena" ainda mais.
Obrigada por todos os que fazem alguma coisa para divulgar o Alentejo e o Alandroal.
Maria M