terça-feira, 9 de junho de 2015

ALGO QUE VINHA MUITO A PROPÓSITO

Ao ler a notícia que dá conta do programado na Iª FEIRA RENASCENTISTA que vai ter lugar na vizinha Vila Viçosa, não deixei de associar o evento á efeméride que “modestamente” decorre no Alandroal para assinalar os 500 aos dos Forais Manuelinos - Alandroal - Terena - Juromenha.
Muita gente se empenhou para que os Forais fossem recuperados, editados e facultados aos interessados. 
Muito foi prometido para que durante o presente ano se concretizassem eventos que assinalassem com brio e muita dignidade o acontecimento. Afinal até à data, exceptuando a apresentação em Terena que se revestiu de um certo brilho, as prometidas comemorações tem passado ao lado dos habitantes do Concelho.
Não há dinheiro é a justificação. Sabemos que o não há e das dificuldades porque passa a Autarquia. Mas que diabo 5oo, anos da proclamação de acontecimento tão relevante, merece sem sombra de duvida ficar na memória de todos aqueles que se orgulham das terras que os viram nascer (Alandroal – Terena – Juromenha).
Já que no Alandroal as hipóteses são muito remotas, façamos também nossa, a Iº Feira Renascentista que vai ter lugar em Vila Viçosa. 
Aqui vos deixo o programa:

             I Feira Renascentista de Vila Viçosa
 O programa da I Feira Renascentista de Vila Viçosa é o seguinte:
Dia 26 de junho (sexta-feira)
18h00 – Arautos percorrem o burgo anunciando os festejos por via do outorgamento do foral Novo a mando de El-Rei D. Manuel I
19h00 – Abertura e Arruada
19h30 – Teatralização
21h00 – Música e danças populares
22h00 – As inquirições para o Novo Foral
24h00 – Encerramento do Mercado e ronda dos aguazis
Dia 27 de junho (sábado)
15h00 – Abertura do Mercado
17h30 – Arruada pelas ruas e praças do burgo
18h00 – Cortejo real
18h30 – Recebimento das gentes das Jornadas do Património (sua escolta e guarda de honra)
19h00 – Comidas e beberes com sabores de antanho
19h30 – Visita a Almotecem e do Meirinho à Feira
20h00 – Teatralização de venda e leilão de escravos
21h30 – Assentamento pelos homens bons ajuramentados
23h00 – Tesouro Real
24h00 – Encerramento do Mercado e ronda dos aguazis
Dia 28 de junho (domingo)
14h30 – Abertura do Mercado
15h00 – Arruada pelas ruas e praças do burgo
15h30 – O Cortejo de D. João IV
16h30 – Celebração religiosa em honra da Imaculada Conceição
17h30 – O Voo Altaneiro
18h30 – torneio d’Armas Apeado
20h00 – Encerramento do Mercado 




19 comentários:

Anónimo disse...

"Não há dinheiro é a justificação. Sabemos que o não há e das dificuldades porque passa a Autarquia. Mas que diabo 5oo, anos da proclamação de acontecimento tão relevante, merece sem sombra de duvida ficar na memória de todos aqueles que se orgulham das terras que os viram nascer (Alandroal – Terena – Juromenha)."


Não há dinheiro e a culpa é do FAM, já se conhece a ladainha, mas vai haver sardinhadas e churrascos por todo o Concelho para se celebrar os 500 Anos dos forais Manuelinos, não encontraram nada de mais interesse para associar aos "festejos" muita fogueira se vai fazer para tanta brasa.
É só competência e muita obra, e bom gosto, gastaram e bem com pimbalhadas e agora não chega para tudo, tem é este executivo prioridades estranhas, mas gostos são gostos e valores são valores e não há nada a fazer.

Anónimo disse...

Amigo Xico não é só nas comemorações dos forais que se nota isto, ainda há dias foi divulgado um estudo onde se vê que o concelho está a regredir em quase tudo. É no emprego, é na economia, na qualidade de vida, é no número de habitantes, enfim é em tudo.
Quando há um vazio de ideias e muita incompetência dá nisto.

Saudações marroquinas

Anónimo disse...

o QUE SE NOTA NESTE ALANDROAL PEQUNINO DO POTENCIAL ALQUEVA AFASTADO É QUE OS PODERES IMPOSTOS POR OUTROS QUE QUERIAM MUDA (R) TEEM MEDO. MEDO DE IR MAIS ALÉM NUM TERRITÓRIO JÁ DE SI DEVASTADO PELOS AVANÇOS GUERREIROS DOS ANTERIORES SENHORES FEUDAIS.
MEDO DE INVESTIR EM TORNEIOS E FEIRAS E OUTROS FESTIVAIS, MEDO DOS SENHORES DA GUERRA E DOS COBRADORES DE IMPOSTOS.
E ESTE MEDO QUE OS FAZ FICAR AINDA MAIS ATRASADOS, MAIS DESGASTADOS, MAIS POBRES E MAIS IGNORANTES, ACOMODADOS NUM LUGARINHO QUASE INVISÍVEL JUNTO AO CASTELO (MAL) REQUALIFICADO
REI MORTO, REI POSTO. MAS EXISTEM REIS QUE PERSISTEM EM RESSUSCITAR. POR ISSO VEMOS COMO CORREM AS CORTES NA VILA RENASCENTISTA AQUI AO LADO E ESPERAMOS QUE OS REIS NºAO VOLTEM COM VONTADE DE SE DEGLADIAREM E ACABAR DE VEZ COM O TERRITÓRIO, POR AGORA AINDA RESGUARDADO DAS INVESTIDAS QUE POR ENQUANTO IMPEDEM ESTA POBRE POPULAÇÃO SE PENETRAR OUTRA VEZ NA IDADE DAS TREVAS.

Anónimo disse...



OBS.


Vamos ser claros, dizendo que neste campo ainda muito em aberto da recuperação/valorização/Celebração dos 3 Forais, das 3 Vilas, e dos 3 Castelos medievais do Concelho do Alandroal, a Presidente da Autarquia, CDU, nem sequer chegou a aquecer o motor.

Recebeu-o já um tanto avariado, parece tê-lo desligado e limitou-se, aqui e acolá, a acrescentar-lhe «um quase nada» de informações sem grande valor e significado para o tentar pôr novamente em andamento.

O resultado é que estamos fazendo "uma longa marcha atrás" como o Al tejo bem o anuncia e denuncia. À espera sabe-se lá do quê e de quem venha, um dia, a colocar novamente esta temática no «real patamar» que historicamente merece. Ou, pelo lado, da nossa própria História devia merecer!
Como, aliás, bem o demonstraram "alguns alandroalenses" que já se empenharam em os recuperar e tratar,tornando-os mais lidos e estudados. Mais acessíveis e postos ao serviço da nossa tripla memória concelhia.

Assim sendo, pusesse-se, pelo menos, em curso a Iniciativa publica de se associar e juntar a Vila Viçosa para participar como parte interessada na dita Feira Renascentista.

Uma ideia capaz, oportuna e bastante bem programada. Para de lá, em seguida, conseguir trazer para o Alandroal uma parte (+ ou - simbólica que fosse) destes eventos comemorativos. O país, os calipolenses e os alandroalenses certamente veriam com bons olhos uma tal participação conjunta. Original e inédita.

Esta tarefa não sendo fácil,não teria contudo, a nosso ver, nada de impossível. Porque afinal ganhariam as duas partes e os 4 Concelhos...isto se, para tanto houvesse,mais engenho,outra arte e mais empenho cultural.

E, porventura, a vontade e a capacidade de exposição a uma diferente realidade e sensibilidade histórica perante documentos (e fontes históricas) tão importantes e tão marcantes no nosso processo de conquista e afirmação da autonomia local. Século após século. Idade após Idade.

Melhores saudações

António Neves Berbém

Anónimo disse...

"Assim sendo, pusesse-se, pelo menos, em curso a Iniciativa publica de se associar e juntar a Vila Viçosa para participar como parte interessada na dita Feira Renascentista.

Uma ideia capaz, oportuna e bastante bem programada. "


Mas caro Senhor, se vai ser este ano a primeira vez que o evento vai acontecer em Vila Viçosa como é que diz que é ou vai poder ser uma coisa bem programada?
Julga o amigo que só no Alandroal é que se faz mmmmmmmm, que nos outros lados tudo o que se organiza é perfeito?
É porque não está dentro do assunto, não é essa a sua ária.
E já agora, para que saiba, não julgue o Senhor que por Vila Viçosa ser também actualmente CDU que os executivos se dão assim tão bem a ponto de quererem parcerias, sem querer ofender seja quem for, para haver parcerias e em especial a nível cultural tem que haver outras cabeças e pessoas com outro tipo de conhecimento, gente com outra cultura, que actualmente o Alandroal não tem, nem Vila Viçosa.
Temos ainda a questão económica, porque não é pelos eventos serem em parceria que saem mais baratos, os de Vila Viçosa ou de outro qualquer sitio são pagos pelos ditos e o que acontecer no Alandroal tem que ser pago pelo o nosso MUNICÍPIO.
E não se está a lembrar do FAM, porque agora é que não fazem mesmo nada, e com um testa de ferro destes para desculpar a inactividade e a total incompetência, agora é que estão como peixe na água, vão ser mais dois anos de nada caro ANB, esperemos por alguma coisa de melhor para depois, o futuro o dirá

Como diz a canção,

Para melhor está bem está bem,
Para pior já basta assim.

E na verdade pior que isto nunca tivemos, conseguem bater os outros dois aos pontos, coisa que é de facto difícil mas pelos vistos ao alcance desta CDU Alandroalense.

25 DE ABRIL SEMPRE MAS COM OUTRA GENTE.

Anónimo disse...

Alguns comentários, menos respeitáveis para quem tem trabalhado na construção desta obra "Forais do Alandroal, de Terena e de Juromenha" (marcante de activa participação humana local e regional), não DIGNIFICAM os seus obreiros.

Adquiramos(?) a necessária calma e CONSCIÊNCIA cultural séria e honesta, quanto ao que comentamos, sem afectação INVEJÁVEL e negativa para a envolvência dos outros próximos.

Vemos, ouvimos e lemos
Não podemos (nem devemos) ignorar...

Noite tranquila









Anónimo disse...

COM TODO O RESPEITO CARO COMENTADOR DE 11 junho, 2015 00:09.
COM TANTO DE INTELECTUAL QUE QUER SER ACABA POR NÃO DIZER NADA.
TROQUE LÁ ISSO POR MIUDOS SE FAZ O FAVOR PARA VER SE A GENTE ENTENDE ALGUMA COISA E TIRA ALGUMA ILAÇÃO.

UM DIA SANTO

Francisco Tata disse...

Sim. Tambem eu como responsável pela colocação dos comentários ficaria grato se me indicasse onde vê comentários menos respeitáveis para quem tem trabalhado na construção (eu diria antes recuperação) da obra.
Fico-lhe grato
Chico Manuel

Anónimo disse...

Adquiramos(?) a necessária calma e CONSCIÊNCIA cultural séria e honesta, quanto ao que comentamos
11 junho, 2015 00:09

Como é o seu caso, diz o roto ao nu.
Está apresentado.

Anónimo disse...

Convínhamos que associar sardinhada e churrascos às comemorações dos 500 Anos dos Forais Manuelino de ALANDROAL, TERENA E JUROMENHA, não foi uma ideia feliz nem digna e muito menos apropriada para a efeméride.

Diz um comentador por aqui.
“Alguns comentários, menos respeitáveis para quem tem trabalhado na construção desta obra Forais do Alandroal, de Terena e de Juromenha"

O que há por aqui é um executivo que mistura sardinhadas e churrascos com os Forais e é desta forma "digna" que as comemorações do Forais Manuelinos são anunciados uma vez que para este Executivo tudo se enquadra perfeitamente e de forma adequada.

Mais uma vez deram novo tiro no pé e agora vem com desculpas que não tem qualquer consistência por muito bem escritas que sejam.
Tenham mais cuidado para a próxima e comecem a tratar estas coisas com o respeito que as ditas merecem.

E já agora, que tal um bocadinho de bom gosto e alguma qualidade, ou será que se enganaram e as sardinhadas e os churrascos são para os Santos Populares??????

Não acertam uma e depois levam e não gostam, cada um colhe o que semeia, sempre assim foi e será.

E já agora, para o arraial ficar completo e ao nível de comemorar Os 500 ANOS DOS FORAIS MANUELINOS DE ALANDROAL, TERENA E JUROMENHA, tem que haver BAILE, quem é o organista, já sabem? Já tem?

Anónimo disse...

Mas quem disse que a sardinhada era para comemorar os 500 dos forais?! Não, a sardinhada é para comemorar os santos populares, como bem se pode ver nos cartazes.
Quanto às comemorações dos forais, não sejam tão apressados; o de Terena fez anos em 2014, o de Juromenha faz este ano e o do Alandroal em 2016. Está-se a ir devagar, mas está-se a fazer, vão sair resultados e fazer-se algumas actividades ainda este ano.
Penso que a Câmara e a comissão das comemorações devia dar conhecimento ao público do que se está a fazer e do que será feito, assim as pessoas estariam informadas.
Ainda quanto à feira de Vila Viçosa, na verdade não é só por cá que se fazem asneiras, o ano passado esta feira chamou-se medieval e era para comemorar um acontecimento ocorrido em época moderna... um pequeno descuido.

Anónimo disse...

Anónimo Anónimo disse...
Mas quem disse que a sardinhada era para comemorar os 500 dos forais?! Não, a sardinhada é para comemorar os santos populares, como bem se pode ver nos cartazes.

QUEREM LÁ VER QUE AGORA SOMOS TODOS CEGOS.
ENTÃO VEJA LÁ O CARTAZ QUE ESTÁ NA PAGINA ANTERIOR AQUI NO BLOG DO XICO.
MISTURAM TUDO, FAZEM TUDO MAL, E DEPOIS AINDA QUEREM TER RAZÃO.

http://2.bp.blogspot.com/-JdTLrA57BCg/VW7o5qhcrPI/AAAAAAABHSc/eu3vKo_sC4c/s1600/Boletim%2Binformativo%2Bc.jpg


Anónimo disse...

A CULPA DE TUDO ISTO É DO FAM, COM TANTO CORTE ESTÁ ESTE EXECUTIVO LIMITADO EM GASTAR SEJA NO QUE FOR E NO PAPEL PARA DIVULGAÇÃO DAS IMENSAS ACTIVIDADES CULTURAIS E DESPORTIVAS QUE POR CÁ VÃO ACONTECENDO , IGUAL.
É CLARO QUE PARA ANUNCIAR E PUBLICITAR TANTA COISA NUM PAPELINHO TÃO PEQUENO, ESTÁ A SARDINHADA JUNTA À CHURRASCADA, OS SANTOS POPULARES JUNTOS AOS FORAIS MANUELINOS, ENFIM, É UM DOIS EM UM DE TAL ENVERGADURA QUE FICA UMA MISTURADA E COMO TAL RESULTA ESTA CONFUSÃO, POIS CADA UM INTERPRETA COMO ACHA QUE DEVE SER, À SUA MANEIRA, PORQUE AQUILO NÃO SE ENTENDE.

DE FACTO A CULPA É DO FAM.

Anónimo disse...

Perdeu o comentador de 12 junho, 2015 12:13 uma boa ocasião para estar calado, depois de ver o cartaz é evidente que quem olha para aquilo fica com a ideia que a Sardinhada e o Churrasco tem a ver com as comemorações do Foral Manuelino.

Se não sabem fazer um cartaz, isso é problema deste executivo, não venham é chamar cegos e estúpidos ás pessoas.

Anónimo disse...

Até me espanta ver como agora, no Alandroal, tanta gente é rigorosa e escrutinadora na forma como os eventos são anunciados. Mas têm razão, os tempos das baldas, já lá vão. E também eu chamo a atenção aos organizadores para a forma como publicitam as comemorações do nosso concelho. Que estas falhas não se repitam! E não se esqueçam de colocar as vírgulas no sítio certo.

Anónimo disse...

Tem razão, quem é que se pode esquecer dum espetáculo caríssimo de um artista conceituado, CAMANÉ, que foi anunciado 2 dias antes do espetáculo, claro que teve meia dúzia de apoiantes e convidados do regime da altura e não apareceu ninguém porque simplesmente as pessoas não sabiam.
Disse o artista que nunca tinha atuado em lado nenhum durante toda a sua carreira, para tão pouca gente.
Antes e agora, viva o Alandroal, estes com o Carlos Mendes fizeram o mesmo, se não fosse o blog do Xico também ninguém sabia.

Anónimo disse...

"Antes e agora, viva o Alandroal, estes com o Carlos Mendes fizeram o mesmo, se não fosse o blog do Xico também ninguém sabia.

12 junho, 2015 17:15"

E tiveram sorte em ter lá algumas pessoas graças ao Chico, porque como já se sabe é o Chico que divulga, porque quer, e vai pesquisando o que se passa, pois o Município não lhe envia informação nenhuma.

Como fazem muita publicidade para quê estar a enviar informação para um blog, que pelos vistos a Sra. Presidente diz não visualizar, engana-me que eu gosto.

São é muitos os apertões, aguenta coração.

Elas não matam mas fazem doer, envelhecem.

Anónimo disse...

"Antes e agora, viva o Alandroal, estes com o Carlos Mendes fizeram o mesmo, se não fosse o blog do Xico também ninguém sabia."


Não se entende esta falta de organização que por aqui anda há muito.

Não temos dinheiro e também por isso pouco de apelativo se vai passando, e quando se investe em trazer um Artista de nome, em vez de se tirar o máximo partido disso, fazendo uma boa publicidade, atempada, cativando as pessoas a irem aos espectáculos e facilitando, por exemplo com transportes aos munícipes das várias freguesias, e até trazer gente de instituições como lares, para poderem assistir ao espectáculo, nada se faz.

Publicitam com dias de antecedência, mal, ás três pancadas, e as coisas acontecem e 90% da população não sabe.

É o que se chama deitar dinheiro à rua pagando um bem que não é aproveitado, para não falar da falta de respeito por quem vem mostrar a sua arte ao Alandroal e não tem quase ninguém a assistir.

Pode ser que desta vez a Senhora Presidente visite este blog e leia este meu comentário e tire alguma ilação, bem precisa e muita falta lhe faz.

Anónimo disse...

Não vem mal ao mundo por causa destas situações ou outras idênticas. O mal sabem vocês todos bem quem o fez, até demais alguns.