terça-feira, 8 de setembro de 2020

É ALTURA DE DIZER ADEUS

Faz hoje precisamente 17 anos que após uma Festa de Setembro, o meu filho Luís me lançou o convite para que dessemos inicio a este projecto que na altura se estava a tornar “moda” nas redes sociais.
Aceitei o desafio e aos poucos fomos conquistando novos colaboradores que nos permitiram dar continuidade ao mesmo. Uns foram desistindo, outros apareceram entretanto, e foi assim que desde 08 de Setembro do ano de 2003 temos pugnado para dar a conhecer ao mundo inteiro notícias, locais, acontecimentos e conhecimentos desta terra que nos viu nascer, e que mais tarde alargamos à terra de acolhimento e a todo o Alentejo.
Ao longo de todos estes anos tivemos e fizemos bons amigos, não nos livramos de arranjar alguns inimigos, mas sentimos que cumprimos com tudo o que havíamos delineado. Na memória guardamos ainda a semana que estivemos presentes na Expo-Guadiana, na qual divulgamos o propósito que nos movia, ao mesmo tempo que, com o Presidente na altura João Nabais levamos a cabo um dos primeiros encontros de bloguistas no qual conseguimos a presença de nomes consagrados do jornalismo português.
Como tudo na vida há princípio, meio e fim e após verificarmos que outros meios de comunicar se estão a sobrepor aos blogues resolvemos colocar um ponto final neste projecto, até porque o número de visitantes diminuiu substancialmente.
Resta-me enviar uma palavra de agradecimento a todos aqueles que comigo colaboraram, e foram tantos, que temendo esquecer algum o faço colectivamente. Bem hajam todos!
Cá continuo por Montemor, sempre com o pensamento no Alandroal e dos amigos que por lá deixei e que nesta altura nem um abraço lhes posso dar!
Estou sempre ao vosso dispor!
Francisco Tátá

5 comentários:

Anónimo disse...


OBS.

Uma das coisas sensíveis que pode dizer-se do AL TEJO, é que procurou

sempre enquadrar-se no Desenvolvimento do Alandroal após mais de uma

década e meia de INFORMAÇÃO LOCAL.

Foi e fez muito melhor do que o MELHORAL ( "não faz bem nem mal"), fez

mudanças e provocou mudanças. Fazer mais é sempre possível. Desde que

continue a ser o desejável e o praticado.


Saudações Democráticas


Antonio Neves Berbem

Anónimo disse...

Amigo Tátá
Foi com surpresa que tomei conhecimento da tomada de decisão de terminar com o projecto "AL TEJO", mas compreendo-a.
O Alandroal em especial, mas também Montemor-o-Novo, e porque não dizê-lo, todo o Alentejo, vão ter saudades deste meio de comunicação que durante dezassete anos defendeu com unhas e dentes os seus interesses.
Os utilizadores do blog vão certamente sentir a falta dos textos, das notícias e dos comentários publicados diariamente.
Amigo Tátá, foi um prazer enorme ter colaborado com o "AL TEJO", que o meu amigo superiormente dirigiu.
Augusto Mesquita

Um abraço
Augusto Mesquita

Manuel Luz disse...

Amigo fizeste o teu papel,como sabias e como querias. Entraste e saíste quando quiseste. Nada deves a ninguém, nós é que te devemos o teu talento, o teu humor, a tua vontade de fazer Coisas. Pela minha parte vai o meu obrigado e um abraço. MSubtil

IANTT disse...

Francisco: Espero que no sea un adiós, sino un hasta luego

Francisco: Espero que não seja um adeus, mas até logo

Martinho Roma disse...

Sei e compreendo as razões do teu adeus porque, fora deste contexto, tiveste a amabilidade de me informares. O Alandroal deve-te muitos agradecimentos pela tua ação em prol da terra que te viu nascer! Espero que as autoridades civis não esqueçam tudo o que deste ao Alandroal, sem nada teres de volta! Que haja esse reconhecimento público pela elevação com que lideraste este blogue. Desculpa de não te ter dado mais atenção e colaboração mas, ainda fui a tempo. Bem hajas, um abraço e melhores dias para podermos ver rolar uma lágrima quando ouvirmos a melhor e mais antiga Banda do Alto Alentejo! Abraço!