sábado, 7 de janeiro de 2017

VEJA O CONCERTO DE NATAL OFERECIDO PELA BANDA DO CENTRO CULTURAL DO ALANDROAL ( JUVENIL E SENIOR) OFERECIDO A TODOS OS ALANDROALENSES.


5 comentários:

Anónimo disse...


Vários adjectivos qualificativos,
sentimentos, não consigo enumerar;
ambientes que são bem ilustrativos
meu estado d'Alma não consigo explicar...



Anónimo disse...

OFERECIDO PELA BANDA OU PELO MUNICÍPIO QUE APOIA E PATROCINA A BANDA???????????????

Francisco Tata disse...

Oh meu amigo
Acha que a palavra «oferecida» desconsidera de qualquer forma o patrocínio ou mesmo o apoio que a Autarquia concede à mesma?
Considero mesmo que é o mínimo que qualquer Camara pode fazer por uma Instituição que tanto prestigia o Alandroal.
Pode a Autarquia até mesmo organizar o Concerto de Natal , pode até recompensar os executantes (se não faz devia fazer), no entanto quem se esforça são os músicos, quem oferece o prazer da audição são eles.
Mas se de qualquer forma a palavra «oferece» o choca tanto pode substituir por proporciona.
Não seria já altura de colocar de lado esta politiquice barata que tantos prejuízos tem causado ao Alandroal?
Chico Manuel

Anónimo disse...


Dando continuidade ao meu comentário de 7/1, das 16:43:


QUE DELICIOSO PRESENTE QUE A BANDA NOS OFERECEU ! MUITO OBRIGADA !


MAS QUE VOZ !...

Se me é permitido, afirmaria ser um verdadeiro desperdício o não aproveitamento até ao seu limite, destas magníficas cordas vocais..

Espero e desejo que sejam oferecidas todas as oportunidades a esta Sr.ª,
para que a mesma possa desenvolver na totalidade todo o seu potencial,
e nos possa brindar cada vez mais com todo o seu talento e, se possível,
dentro desta linha !...

Cada vez mais Orgulhosa de ser Alandroalense !...

Anónimo disse...

Com tanto talento por estas bandas que na verdade reconheço algum, a verdade é que nada anda para a frente, a não ser a banda e porque tem iniciativa própria ninguém sai do Concelho para mostrar os seus dotes, é caso para perguntar a quem de direito, o que é que o Município anda a fazer a nível cultural.
Sra. Presidente, tanta promessa em saco roto.