segunda-feira, 7 de março de 2016

VII MOSTRA GASTRONOMICA DO PEIXE DO RIO - 1º FIM-DE-SEMANA




        AS IMAGENS DO J.CLARÉ





ABERTURA
MOSTRA GASTRONÓMICA
ACTIVIDADES
DESPORTO
VARIEDADES

7 comentários:

Anónimo disse...

COM TODO O RESPEITO SENHORA PRESIDENTE, MAS TENHO QUE LHE DIZER QUE MAIS UMA VEZ ESTE O "ENCONTRO" DE SAIAS VALEU O QUE VALEU QUE A MEU VER FOI POUCO, ACHO QUE A SENHORA VAI DESENCANTAR ESTES GRUPOS SABE LÁ DEUS ONDE E PODEM SER MUITO BOA GENTE, MAS POR MUITO QUE AGRADEM À SENHORA NÃO DIGNIFICAM O ESTILO ALENTEJANO NEM SÃO OS GRUPOS QUE MELHOR O REPRESENTAM.
PARA QUEM TANTO QUER QUE AS SAIAS SEJAM PATRIMÓNIO DE QUALQUER COISA NÃO É ASSIM QUE AS ELEVA NEM DEVE SER ASSIM QUE SE DIVULGAM, A SER, QUE SEJA EM BOM, COM QUALIDADE QUE MAIS UMA VEZ NÃO SE OUVIU.

Anónimo disse...

Afinal o homem ou a mulher que escreve? o comentário das 17 e 06 o que admira (gostos!!!!) são saias "elevadas" ... divulgadas "em bom" ... com "qualidade" e, diz mais o(a) comentarista ... QUE MAIS UMA VEZ « NÃO SE OUVIU».

Perceberam alguma coisa? Não?

Eu também não.

Agradecido, Sr. Francisco Manuel, pela exposição de tão elevada prosa.

Anónimo disse...

Tem o comentador razão, são muito mal tratadas as ditas saias, por aqui continuam a tentar vender gato por lebre, como se toda a gente fosse ignorante sobre a matéria.
A inauguração a que não assisti mas que a radio campanário divulgou, presentes, sempre os mesmos, nem um só Presidente de Municípios vizinhos ou de outros, coisa que é normal nestas coisas.

Anónimo disse...

Perceberam alguma coisa? Não?

Eu também não.

Agradecido, Sr. Francisco Manuel, pela exposição de tão elevada prosa.


10 março, 2016 23:33




De facto há pessoas de compreensão lenta, e outras que não o são, mas quando os assuntos incomodam e não tem argumentos , armam em intelectuais e como não podem contrapor arranjam defeitos na prosa dos outros.

O comentador acima tal como eu pode não ter boa prosa, mas dá a sua opinião que é válida para o debate de ideias, já o comentador de 10 março, 2016 23:33 que tem uma prosa de excelência, nada acrescenta ao debate com a sua conversa de ...........

Perdeu uma boa ocasião para ter ficado caladinho.

Nada agradecido ao Sr. Francisco Manuel, pela exposição de tão elevada prosa de 10 março, 2016 23:33.

Mais um intelectual do Alandroal.

Francisco Tata disse...

Nã me metam nisto!... que eu não estou interessado.
Francisco Manuel

Anónimo disse...

Ao que parece e pelo que se vê falam de saias a património mas falam do que não entendem, porque para quem já viu e ouviu grupos de saias com qualidade e dignos do nome reconhece que os grupos que nos tem visitado não são os que melhor dignificam o género..
Se calhar estes grupos vem a custo zero e haverá outros melhores que não e tem que se aproveitar os que vem nestas condições,a cavalo dado não se olha os dentes, mas seja qual for o motivo não tem feito por aqui jus ás saias e à sua valorização.
Teima erradamente este executivo em tudo, menos na qualidade.

Anónimo disse...

As saias são maltratadas?
Que enorme parvoeira.
O que agora se fez foram "apenas!!!" pequenas amostras sobre aquilo que se pode fazer
E muito se pode fazer
Nem o senhor ou a senhora sabem o que se pode fazer.
Fácilmente se constata pelo escrito.
E, porque não sabem mesmo o que escreveram, tive o cuidado de confirmar que estiveram presentes representantes das Autarquias de Campo Maior, Portalegre, Elvas, Estremoz, Arraiolos, Vila Viçosa e etc.
E aconselho, ao senhor ou senhora que assim comentam no tom escrito "já conhecido", que respeitem no menos os componentes dos Grupos que estiveram entre nós ... DESINTERESSADAMENTE.
De ENTRE ELES e pelo menos um - veja-se só!!! - é detentor de LICENCIATURA na área da ANTROPOLOGIA ... com vasta experiência e o senhor ou senhora COMENTAM A PARTICIPAÇÃO destas pessoas da forma EDUCADA como o fizeram

Mais não comento porque com o devido respeito literário, nem o senhor nem a senhora, merecem o desperdício de tempo que lhes dediquei.

Mas, em abono DA VERDADE e do agradecimento ao Sr. Francisco Manuel me subscrevo

Anónimo