segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

ENTREVISTA DE JOÃO GRILO À RÁDIO BORBA

Conforme havíamos anunciado o ex-autarca João Grilo concedeu uma entrevista no passado Sábado à Rádio Borba.
São imensos os assuntos abordados, mormente em relação à situação financeira, política actual, gestão e muitos outros assuntos do interesse de todos os Alandroalenses.
Al Tejo disponibiliza-lhe se clicar http://yourlisten.com/borb.../entrevista-com-joo-maria-grilo   a entrevista completa.

(À semelhança do que iremos adoptar quando viermos a publicar as entrevistas já anunciadas, também aqui seguiremos a metodologia de apenas colocar comentários devidamente identificados, enviados por blogueres ou directamente para o meu mail que se encontra na barra lateral à direita)

(Al Tejo agradece a disponibilidade demonstrada pela Rádio Borba ao permitir a divulgação)

5 comentários:

Anónimo disse...

paulamaria120@sapo.pt
11:14 (Há 1 hora)

para mim
Comentário de resposta à entrevista do Sr. João Maria Grilo
Cumprimentos.

Informo o Sr. Administrador deste blog que todas as acusações que possa fazer, são de domínio publico e confirmadas e anunciadas pelo actual executivo,estando alguns destes casos em concreto a ser analisados pela auditoria que está em curso, peço por isso que em caso de duvida se esclareça e que o meu texto seja por isso colocado na integra.
Agradecida
Paula Maria

Vou tentar ser concisa e não melindrar ou ofender seja quem for, se não o conseguir de todo peço desde já desculpas, mas como Munícipe do Concelho do Alandroal tenho que me prenunciar sobre este engraçada entrevista do Ex-presidente João Grilo.
Disse de facto coisas hilariantes, e com todo o respeito, líricas e até ridículas, era de esperar mais substrato de quem tem por apanágio a sabedoria das sabedorias e a grande competência.
Diz que em 2015 existe um Alandroal diferente do que gostaria de ver, acredito, também eu e toda a gente gostaria de ver um Alandroal a crescer e com possibilidades de o fazer, com a diferença que eu e a maioria das pessoas não contribuímos para a falência do Concelho, ao contrario do Senhor que foi responsável durante o seu mandato de Vice-presidente e responsável máximo por 4 anos de governação da sua máxima responsabilidade e que como resultado da sus excelente gerência duplicou a divida de anos do Município, presumo que dar entrevistas do estilo da que ouvimos, só pode o amigo estar a brincar com tudo isto ou a gozar com as pessoas.
Diz que o seu executivo foi o único que fez pelo património e pela cultura, e que é fácil falar das dita mas difícil de por em prática.
Bem a esse respeito acha possivelmente o Sr. que as pessoas tem todas memórias curtas e que basta o Sr. Dizer, para o ser, tal a presunção e convencimento, predicado de certos líderes de que se conhece da história. Basta vermos o que culturalmente foi feito no Alandroal em mandatos anteriores para a sua teoria cair por terra, acha que as pessoas não tem recordações, não viveram e não participaram, não tem termos de comparação. De facto cultura foi no seu mandato, a nunca vista porque nunca se viu e a nunca conseguida porque nada fez nem teve o seu executivo durante 4 anos nenhuma politica cultural a não ser coisas desgarradas, eventos anunciados 2 dias antes de acontecerem, caros e pagos acima do valor real como apurou este executivo e foi dito pela atual presidente, com a agravante de alguns terem sido pagos antecipadamente, ao que diz e confirma também a atual Presidente, isso sim caro Senhor Grilo é prática nunca vista em Município nenhum, a não ser no seu tempo de excelente governação.
Mas a que tem mesmo graça e mostra como o Senhor continua a ser um homem de cultura e informado, é o Sr. Dizer sem papas na língua que á 40 anos os concelhos do Alentejo estavam todos no mesmo patamar económico e de desenvolvimento.
De facto o Senhor é novo e á 40 anos era uma criança, mas isso não desculpa a sua ignorância e total falta de conhecimento da realidade, aproveite e tenha umas aulas de história com algum seu colega de escola, porque o que diz é um tremendo disparate, querem lá ver que á 40 anos o Concelho do Alandroal estava ao mesmo nível do que Estremoz, de Vila viçosa, do de Évora, Beja, Portalegre, Montemor-o-Novo, Elvas, etc.
Até lhe digo mais, comparado com os tempos atuais as assimetrias são da mesma proporção, diferentes, mas o distanciamento é o mesmo.
As das dinâmicas novas também tem graça, as dinâmicas novas foram as tais avenças desnecessárias como serviços para contar contadores, como se os empregados do município não tivessem capacidades para o fazer, dinâmicas novas foi encher de dinheiro gráficas de luxo e empresa de arquitetura, de facto em dinâmicas novas foi o senhor professor campeão, e que dinâmicas.
Conclusão, já anda o amigo com altas dinâmicas para a continuidade do nunca visto e conseguido.
Vai ser difícil, e assim não vai lá, continua muito mal preparado, e o totoloto não sai sempre no número 7.

Paula Maria






Francisco Tata disse...

Após ter retirado os dois comentários que aqui haviam sido colocados, motivado por duvidas surgidas a propósito da identidade das pessoas que os enviaram (directamente para o meu mail, conforme estipulado), tiveram esses mesmos comentadores o cuidado de via telefónica se identificarem assumindo toda a responsabilidade pelo conteúdo dos referidos comentários.
Assim sendo, vão ser os mesmos recolocados.

Responsável pela colocação de comentários

Anónimo disse...

Caro Sr. Francisco,
deixo aqui umas linhas que gostava que publicasse na rubrica da entrevista do ex presidente Grilo.
Como o amigo pede para ser identificado, aqui vai.
Uma boa tarde e obrigado.
Carlos Tavares - csacaio@iol.pt

Pois é, de facto as coisas nunca são por acaso ou por engano Senhor João Grilo, possivelmente em relação ao valor real da divida feita por si e pelo restante executivo há por aí um exagero, resta saber se pequeno se grande, o que é feia é a sua falta de memória pois o amigo fez precisamente a mesma coisa, também exagerou na divida do seu antecessor que na verdade era uma divida grande, de que o amigo teve responsabilidade como 3 anos e meses de autarca e Vice-presidente.
Qual a moral que o Sr. tem para vir falar de contas e dividas, coisa que o Sr. é especialista em fazer.
Está a ver, lá diz o ditado, não faças aos outos o que não gostas que te façam a ti, pelos vistos nada é totalmente inocente, como diz, a não ser quando foi o amigo a especular, aí foi tudo na maior da retidão e inocência, sem qualquer maldade, é o Sr. um homem de virtudes, o Santo que se viu em 4 anos de descriminação e favorecimentos à descarada para quem quis.
Começou o amigo bem com a celebre entrevista que se gastavam 10,000,00 € por fim de semana no Fórum, de facto todas as semanas vinham cá os artistas mais famosos da altura, é que com esse dinheiro dava na altura e agora para fazer isso e até trazer nomes internacionais, também foi engano e sem maldade nenhuma como toda a gente percebeu, até os da sua cor admitiram a gafe, só o Sr. é que não se apercebeu da vergonha e do descrédito, também não teve outra saída se não a de se fazer despercebido.
Está o amigo desacreditado, foram muitas perseguições, maldosas, descabidas, e muitas benesses a amigos e apoiantes, muita divida desnecessária que só serviu para encher carteiras, muito projecto de arquitectura para nada se construir e sempre ao mesmo profissional, muitas avenças e espectáculos ao que dizem pagos ao dobro do preço e antecipadamente, isso sim coisa nunca vista em lado nenhum.
Como tal está o amigo arrumado, foi de curta duração, mas o suficiente para mostrar o que verdadeiramente é como pessoa e como governante.
Já foste, quem semeia ventos.

Carlos Tavares




Anónimo disse...


ralfralf@iol.pt

Fala o Professor Grilo em requalificação, de facto quando eu mudo o chão de uma casa e de um quintal posso dizer que foi uma requalificação, e nessa ordem de ideias de facto a limpeza e a demolição de umas casas, com o arranjo de um muro e um chão novo, podemos chamar requalificação.
Até parece que no Castelo do Alandroal existem capelas com pinturas, ou estatuetas que tiveram que ter trabalho de restauro e que foi para ali um trabalho dos diabos, enfim, uma verdadeira requalificação no verdadeiro sentido da palavra.
Lá diz o ditado que com papas e bolos se enganam os tolos, só que o Sr. Grilo também foi enganado e por isso lá pagou mais uma vez o Município a mais do que devia por uma limpeza, um chão novo, um arranjo e pintura de um muro e portões, ou então porque não fez consultas e pediu orçamentos vários, como sempre fez, ou teve azar e foi só a empresas caras, porque o que pagaram por aquele trabalho dava para fazer dois ou três iguais. Mais uma vez alguém meteu ao bolso, necessária ou desnecessariamente.
Mas com o Sr. Foi tudo à grande, quem não se lembra daquela revista luxuosa, com papel de qualidade e grosso, com tamanho descomunal, em que metade das folhas não eram ocupadas nem por texto nem fotografias, o papel versos conteúdo dava para 4 revistas, pura ostentação e desperdício de dinheiro para alguém mais uma vez lucrar com o seu avale e conhecimento, enfim, de facto coisas nunca antes vistas.
Tem agora este executivo que ter uns papelinhos feitos á mão, gastou o Sr. Tudo em papel de qualidade e agora não há para mais.
Em questões de Coltura que o Sr. Sempre aborda, sem inteligência nenhuma, pois nessa ária foi o Sr. um desastre, um falhanço total, já mais que comentado e em que o Sr.é sempre ridicularizado, mas continua o Sr. a puxar lenha para se queimar, deve ser masoquismo e vontade de levar nas orelhas, há quem goste de apanhar e com todo o respeito, ou o Sr. pertence a esse grupo, ou então é sinal que vive noutro mundo, noutra realidade, e que não tem noção do bom senso, do ridículo.
Com tanto disparate que fez, com tanta irresponsabilidade, com tanto favorecimento á descarada, com tanta maldade e perseguições a quem pensava diferente, com tanta irregularidade cometida como se sabe e está provado, com uma governação das mais desastrosas de sempre, ainda anda o amigo a falar do que fez e do que quer fazer no Alandroal.
E um pouco de consciência, Há ?????
E um pouco de noção do ridículo, há?????
E noção da realidade, há ????????
E competência, já há???????
Pelos vistos descaramento e lata continua a haver com fartura, até dá para montar um ferro velho. Quem o houve falar não o leva preso. A ver o que o futuro nos reserva e lhe reserva.

Manuel Cavacas




Anónimo disse...

csacaio@iol.pt
21:24 (Há 3 horas)

para mim
É de facto vergonhoso o que se tenta fazer com a liberdade de expressão das pessoas, só mostra que há pessoas que não conseguem lidar com as criticas e opiniões contrárias.

Pelo que se vê há comentários que incomodam e pelo que se denota a insegurança e o medo de certa pessoa, e seguidores é já muito grande.

De facto não se vê aqui quem dê a cara a apoiar o Sr. Grilo, temos pena mas a verdade é esta, está o caro Grilo sem defensores, não tem quem dê a cara por si sabe lá Deus porquê.

Tentaram em vão retirar às pessoas o direito de se exprimir em liberdade embora já tenham passado 40 anos da revolução de Abril, fica-vos mal e só mostram mais uma vez aquilo que verdadeiramente são, prepotentes, digo mesmo ditadores.

Estão mais uma vez apresentados.

Carlos Tavares